NA ESCURIDÃO DO FORO ESPECIAL, AS “COBRAS” SE DEVORAM.

Por Cimberley Cáspio

Imagem:revoada.net

 

É constrangedor trabalhar como voluntário pra Justiça Eleitoral durante às eleições, e se deparar com um quadro desse.

Fica a minha torcida para que tudo corra bem durante às Olimpíadas, pois com à suspensão de visto em vigor para entrar no Brasil, virou casa sem muro,portas e janelas. É confiar e jogar toda à responsabilidade em cima das Forças Armadas.

Nunca gostei do jogo de “pagar pra ver”. Mas parece que a presidente ainda carrega algum sintoma de um recente passado.

Mas enfim, enquanto o Brasil escorrega pelo tobogã da incompetência e traição à Pátria,no final desse brinquedo político do inferno, o que se espera, infelizmente é o caos.

O país está parado,e vai continuar parado em 2016. O Ministro Marco Aurélio de Mello, afirmou à revista Isto é, “…o país está sem governo, e o melhor a fazer, é à renúncia coletiva de Dilma, Temer, Cunha e Renan.”

Brasília segue com fama nacional de fonte e celeiro de ladrões. A presidente que não mais comanda, está paralisada, sem ação. Esperando pelo pior. Afinal,não tem mais a idade,e a energia que tinha na década de 60 para empunhar armas nas mãos e sentar o dedo.

Depois da prisão de Delcídio, o vespeiro está uma confusão só. Ninguém confia em ninguém. O melhor amigo pode ser o Brutus. Telefone virou o inimigo número 1, conversar é perigoso,a Polícia Federal pode bater na porta de qualquer um a qualquer momento, e coração de bandido é na sola do pé.

O desemprego vai aumentando, a violência também, e o povo segue disparado como num estouro da boiada sem direção. A polícia e autoridades menores, tentam manter à ordem no pandemônio urbano, quer dizer, o início do caos. Os que sabem que a coisa desandou e não há mais jeito, se envolvem com a bandidagem de baixo, para obter as vantagens que a atual oportunidade proporciona. No mais, com adrenalina acima do limite, a polícia vai sentar o dedo primeiro e perguntar depois,isto é, se o que tomou tiro sobreviver.

A justiça com sérios problemas éticos e morais internos, se protegendo no corporativismo, também não tem condições pra botar ordem total na casa, prender, julgar e condenar de vez os traidores da nação, onde o juiz Sérgio Moro, declarou da dificuldade extrema de desenvolvimento do trabalho, devido a famosa e prejudicial lerdeza dos tribunais, é temerosa quanto a entrar em águas de tubarões tigres e brancos. Uma delação premiada, pode envolver até os tribunais.

A verdade é que o caminho final de todos é a cadeia, ou o suicídio. Sendo assim, estão escondidos nas cavernas escuras do foro especial, temendo a luz da realidade que espera para cada um deles. Como cobras que se escondem nos buracos para se protegerem do inverno,assim se comportam na escuridão das cavernas do foro especial.Não há o que considerar. O canibalismo é a prática atuante. Se quer me comer,também vou te comer.

Mas se esquecem que não são cobras de verdade, as quais, podem ficar tempos e tempos sem comer e beber água,e que mais cedo ou mais tarde, a fome e a sede vão vencer, e terão que vir para fora da caverna, quer dizer, ou a renúncia, ou à delação premiada, e virão pra fora, com certeza.

Bom que não demorem muito a aparecerem na abertura da caverna, pois se demorarem muito, correm o risco, de encontrar um país afundado literalmente num caos pra valer, onde a vida de cada um não valerá um níquel sequer, ou, encontrar o país já sob um governo linha dura, e serem todos levados ao paredão, sem julgamento.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s