O EMBUSTE DO HORÁRIO DE VERÃO. ECONOMIA SIMILAR À CABEÇA DE BACALHAU.

Por Cimberley Cáspio

Imagem: abacalhar.tumblr.com

Os constantes reajustes na conta de luz, mais precisamente no Rio de Janeiro, a partir do dia 7 desse mês de novembro,é uma prova concreta de que o horário de verão, como medida de economia, é um fracasso, ou talvez um engodo do governo federal. 

Desde que me entendo como gente, nunca vi qualquer desconto de energia na conta de luz, devido o horário de verão. E se o governo economiza com essa medida, por que aprovar aumento de tarifas, sabendo que a carga maior vai cair diretamente no colo do consumidor? Pois empresas e indústrias repassarão esses aumentos, e o consumidor como sempre é quem paga às contas.

Pela lógica, durante o período do horário de verão, deveria constar na conta de luz, descontos e abatimentos, mas não é isso que acontece, e nunca aconteceu. Onde está essa economia que nunca vimos, e nunca veremos? É uma economia que mais parece cabeça de bacalhau.

Felizes são os estados das regiões Norte e Nordeste que não aceitaram esse embuste

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s