QUANDO O BOPE TOMOU POR BEM ASSUMIR O ALTAR DE DEUS.

Por Cimberley Cáspio

pastorPastora Sandra e Pastor Francisco Baratela.

Hoje o assunto é Gospel, e não poderia deixar de ser depois de ontem, dia 1º de agosto de 2015.

Servi o exército,e só não seguir carreira porque não me deixaram e me obrigaram a dar baixa.Sendo assim, segui novos caminhos.A carreira militar só me interessaria se fosse nas forças armadas,fora isso,não tinha o menor interesse.

A minha religião: sou evangélico,porém não congrego,não visito templos,salvo se houver motivação jornalistica.

Minha irmã de sangue é pastora, seu nome, Sandra Baratela, e o meu cunhado,também é pastor,seu nome,Francisco Baratela. O casal com um histórico brilhante de lutas intensas e vitórias, seres humanos incansáveis no combate a serviço do REI DE TODA A TERRA, hoje é dirigente da Igreja Catedral Shalom, no bairro Estrela do Norte,em São Gonçalo-RJ. Minha irmã é professora,cantora e compositora,o meu cunhado é químico aposentado da ATLANTIC, porém tem um forte irresistível para pescaria, não o convidem que ele aceita na hora.

Vida que segue, ontem,minha irmã me convidou a ir ao templo para assistir o Congresso de Adolescentes,até aí nada de mais,aceitei o convite e às 19:00 Hs, lá estava eu na galeria.

O que observei de imediato é que o grupo integrado por rapazes e moças, estava uniformizado de forma militar,com coturnos pretos e camisas verdes com padrão de camuflagem.

De repente, o líder do grupo Wallison Damasceno, foi à frente, e com timbre de voz forte,demonstrando que já teve intimidade com a caserna, perfilou aquela guarnição sob comando de Ordem Unida, em performances militares perfeitas, coisa que me aguçou os sentidos e me fez entrar no túnel do tempo.

A cada comando do líder,COBRIR! SENTIDO! DESCANSAR! e a execução perfeita do grupo, comecei a perceber que aquele dia não ia ser normal, havia algo de diferente, sentia que alguma coisa mais viria, quando então vi ao lado,no canto direito do grupamento,um corneteiro militar. Com o grupamento em posição de sentido,iniciaram a oração do soldado, sempre com fortes timbres no início e final de cada frase, e após o final da oração, o líder deu o comando APRESENTAR ARMAS AO GENERAL E SENHOR DOS EXÉRCITOS,quando então o grupo de adolescentes prestou continência e o corneteiro entoou o toque da presença do comandante.

Todos que estavam ali e que serviram as forças armadas,com certeza vibraram com o toque da corneta e a performance militar perfeita do grupamento de adolescentes. Era nítida a vontade também em nós,hoje civis, estarmos ali no meio e prestar Continência,Honras e Glórias ao maior de todos os Generais,o SENHOR JESUS CRISTO.

A presença do SENHOR no local era translúcida, cristalina,todos nós estávamos sentindo,era como se estivéssemos dentro do vulcão. Não víamos lavas, mas o calor era intenso,ao meu redor,pessoas se derretiam em lágrimas e choros, mas não era tristeza, pura alegria, sim,muita alegria misturada com um caráter de emoção fortíssima.

Foi quando então o corneteiro tocou DESCANSAR ARMAS, DESCANSAR, com perfeita execução performática do grupo de adolescentes. Finalizando o som da corneta, o líder,Wallison Damasceno, assume o comando novamente e perfila o grupamento para a passagem de comando ao Pastor convidado,eu disse Pastor convidado? De repente entra literalmente fardado um oficial-capitão do BOPE e a noite se transforma em uma instrução de guerra espiritual,pronto,não era mais eu quem estava ali,mas sim, o soldado 219 – DIAS, participando de uma instrução real de batalha.

bope

Pastor Arilei Matos

E a noite na Catedral Shalom foi diferente, um calor abrasador, o ar condicionado não dava suporte, a emoção era fortíssima,era como se as FORÇAS ARMADAS DO UNIVERSO estivessem presentes. E estavam. Não víamos,mas sabíamos que milhares e milhares de anjos do SENHOR, incluindo arcanjos,estavam também ali,o movimento espiritual era grande, e aquele comandante humano uniformizado à frente, não fazia nada dele,poderosa entidade espiritual falava por ele, e se movimentava com ele. Nunca imaginaria que o BOPE literalmente fardado poderia estar no comando de um púlpito dentro de um templo.Isso nunca me passou pela cabeça. Claro que naquele momento, o SENHOR não precisaria de todo o batalhão do BOPE para operar a sua vontade, e somente com aquele oficial, um só membro da Instituição de Operações Especiais, satisfaria naquela noite, as exigências e os anseios do DEUS DE TODA À TERRA. E como já sabemos,que o SENHOR pode operar com milhares,mas também pode operar com somente um, assim aconteceu.

E num certo momento, veio uma Ordem de Comando do Altar direto para o Pastor Francisco Baratela, que dizia – BARATELA, 1,2…quem entendeu, a tradução é, LEVANTE-SE E PERFILE-SE DIANTE DE MIM, mas o Pastor Baratela ainda se encontrava sentado, juntando informações em sua mente, querendo entender o que estava se passando ali, quando a VOZ foi ouvida novamente na boca daquele capitão – BARATELA 1.2…Aí foi que o Pastor Baratela entendeu o PROBLEMA que se encontrava diante dele,e num pulo,se levantou e se perfilou diante DAQUELE QUE TEM O PODER DE VIDA E MORTE SOBRE TUDO E SOBRE TODOS. E então a VOZ que vinha do militar totalmente tomado pelo ESPÍRITO DAQUELE QUE TUDO VÊ, completou – É IMPORTANTE VENCER Á GUERRA,PORÉM MUITO MAIS IMPORTANTE É SALVAR VIDAS, E EU, O SENHOR DOS SENHORES, O CONDECORO COM UMA MEDALHA DIFERENTE, POR ESTAR NO COMBATE FREQUENTE PARA MIM. E a partir daí, haja emoção e choro,enquanto o calor aumentava. E foi literalmente instrução de batalha espiritual até o final. Coisa que só conheci,quando estava na caserna.Claro,não uma guerra contra a carne, ou quem quer que seja, mas sim, contra as potestades espirituais que assolam milhões de vidas pelo mundo afora. Quem estava descansado e pensava que a vida é um céu de brigadeiro,aprendeu que não é bem assim, e que uma crise pode chegar de surpresa, e se não tiver suporte espiritual para enfrentá-la, a morte é certa.

E ao sair daquele lugar, estava totalmente molhado, o suor tomou todo o meu corpo, e enquanto me enxugava,me lembrei daquela palavra que diz: “NÃO TEMEI OS HOMENS QUE SÓ PODEM MATAR O CORPO,MAS TEMEI AQUELE QUE TEM PODER PARA MATAR O CORPO, E TAMBÉM A ALMA.”

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s