EX-JUÍZA FEDERAL CONFESSA QUE MAIORIA DE SUAS CONDENAÇÕES FORAM INJUSTAS.

Por CONOR FRIEDERSDORF – reproduzido e editado p/Cimberley Cáspio

juiza federal

A ex-juíza federal Nancy Gertner, que foi nomeada para a bancada federal, Bill Clinton, em 1994,e que presidiu julgamentos por 17 anos,estava domingo,diante de uma multidão no The Aspen Ideas Festival que denunciava a maioria das condenações que ela impôs.

Entre 500 sanções que ela proferiu, ” 80 por cento acredito foram injustas e desproporcionais “, disse ela. “Eu saí do banco em 2011 para integrar o corpo docente de Harvard para escrever sobre essas histórias – para escrever sobre como elas aconteceram,e que fui obrigada a condenar pessoas que, francamente, não fazia sentido sob qualquer filosofia.”

Nenhuma teoria da retribuição ou mudança social poderia justificar, disse ela. E essa conclusão desanimadora inspirou a ideia radical que ela apresentou: uma chamada para os EUA imitar a sua decisão, olhar para o futuro e reconstruir ao invés de tentar punir ou buscar vingança.

Ela explicou que o trabalho de sua vida agora está focado em tentar reconstruir as vidas que prejudicou de um modo geral , advogando para a reforma, e com um projeto específico: está tentando percorrer a lista de todas as pessoas condenadas por ela para ver quem merece clemência executiva.

Fonte:Reuters, Business Insider e The Atlantic

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s