TERCEIRIZAÇÃO ABRE CAMINHO PARA À ESCRAVIDÃO.

Por Cimberley Cáspio

Imagem: trespalavrasseteletras.blogspot.com
solidão

Com a terceirização, governo e iniciativas privadas,pensaram em economizar através de impostos e obrigações trabalhistas, o que realmente para o governo e grandes empresas privadas, vem funcionando de forma significativa de lucros. Só que, com a terceirização, veio a quarterização,a quinterização, e a sexterização, quer dizer, as terceirizadas fazem o mesmo que seus “patrões” , sem lei nenhuma que impeça o efeito dominó da prática, o que faz caminhar direto na rota de volta à escravidão, onde funcionários dessas subempresas , jamais terão uma chance de carreira. E superexplorados,sempre recorrerão ao Ministério do Trabalho.

A terceirização é solução pra ricos, mas para o trabalhador, e estudantes que lutam por um espaço no mercado de trabalho,é o completo abandono e total desesperança por aqueles que desejam alcançar uma forma sustentável de vida como funcionário. E para não serem escravizados, muitos optam pela informalidade, onde o ganho pode ser melhor, independente da falta de direitos,que quando se consegue,há uma história de batalhas judiciais, e tempo de idas e vindas, que atrapalha mais do que ajuda na luta pela sobrevivência do dia a dia, num círculo infernal e interminável.

Por que isso? Porque o quarterizado,quinterizado,ou até sexterizado, vai sempre por à culpa no terceirizado, ou na empresa central, e na batalha judicial, advogados entram com recursos,enquanto meses e anos vão se passando. E para aquele que mais precisa do dinheiro, só resta pedir a Deus o prolongamento da saúde e da vida, a fim de poder estar pleno no final da peleja, onde muitos não conseguem estar vivos e ver esse dia.

Resumo do texto: trabalhar nessas subempresas, é caminhar por um caminho que leva a lugar nenhum.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s