TERREMOTO NO NEPAL : O POVO É CULPADO,OU INOCENTE?

Por Cimberley Cáspio

Gadhimai MelaFoto:direitodosanimais.org

Talvez a deusa gadhimai,também não tenha se agradado do festival de sacrifício de sangue realizado em sua homenagem,pelos nepaleses, em novembro do ano passado.

Em 3 dias,500 mil búfalos,foram sacrificados na região,inundando o relevo numa quantidade de sangue jamais visto. E anteriormente ao festival,já havia um contrato entre os organizadores, para que a carne e o couro dos animais abatidos,fossem entregues a empresários ricos ,tanto no Nepal,quanto na Índia. Em nenhum momento,a população pobre do país seria beneficiada. Quer dizer,um festival de sangue para ricos,e não para pobres,independente da ignorância de alguns,em levar o animal para sacrifício,esperando receber da deusa algum benefício,onde me parece, que o “benefício” chegou da forma mais trágica que se poderia esperar.

Dizem os insanos praticantes dessa abominação sanguinolenta,denominada de festival,que o ritual é para atrair prosperidade. Pergunta: mais que prosperidade é essa que a população pobre do país,não recebe sequer um quilo de carne dos animais mortos,e só os ricos é que recebem?

A negativa em dar a carne dos animais mortos a população pobre do país,já mostra que é um festival “religioso” perverso. Uma prática monstruosa que tem que ter um fim. E uma “religião” que só beneficia ricos e não pobres,não merece respeito,e sim, duras críticas vindas de todo o mundo,como aconteceu através de protestos de ativistas,que levarão o caso a ONU.

O planeta Terra é extremo e perigoso a humanos quando leis naturais são violadas,e o mar de sangue que acontece nos festivais de sacrifício nepaleses,não poderia dar em outra coisa. Uma prática insana e extrema dessa natureza, não retorna em benefício de nada,e o pior que quando chega o momento do castigo natural,todo mundo paga,tanto o inocente,quanto uma criança,como os culpados que participaram,seja diretamente,ou indiretamente dessa abominação.

E o que está por trás desse “festival de sacrifício de sangue”? Não é a prosperidade do país,e sim,a manutenção do poder dos ricos e a manutenção da escravatura nos dois países,onde no Nepal,consta hoje, 270 mil escravos,enquanto que na Índia,14 milhões e 700 mil seres humanos que também são mantidos em regime de completa escravidão,literalmente.

E tomara Deus,que o terremoto,não seja só o início de problemas vindouros ainda maior para o Nepal e a Índia,pois a prática realizada em Bariyapur, na fronteira com a Índia, foi hedionda,de uma insanidade monstruosa, que com isso,criou enormes afluentes de sangue,que correram direto para os rios da região. E como o sangue exposto na terra só atrai coisa ruim,os perigosos animais mortais que já infestam as águas dos rios da região,só tendem a aumentar,como por exemplo,o goonch,um bagre extremamente enorme,e sedento por carne humana.

O mundo só sofreu uma maquiagem,mas a alma humana continua a mesma dos tempos antigos.

Fonte: g1 e ATOS EM MISSÕES.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s