“SEM PROPINA NÃO SE FAZ OBRA PÚBLICA.”

Por Cimberley Cáspio

imagem: tijolaco.com.br

A declaração é de Mario de Oliveira Filho, advogado de defesa do lobista Fernando Soares,conhecido como Fernando Baiano,envolvido no caso Petrobrás. O Dr.Mario de Oliveira filho,afirmou  que,” no Brasil, não se faz obra pública sem “acerto” e que quem nega isso “desconhece a história do país’. “O empresário, se porventura faz alguma composição ilícita com político para pagar alguma coisa, é porque se ele não fizer isso não tem obra. Pode pegar qualquer empreiteira e prefeitura do interior do país. Se não fizer acerto, não coloca um paralelepípedo no chão”, afirmou Oliveira Filho. Fonte : O DIA

A declaração do advogado Mario de Oliveira Filho,não é novidade,e é corroborada pelo povo brasileiro.Afinal,a corrupção é uma maldita cultura do país,onde as autoridades levam vantagem em relação à posição que detém frente ao cidadão brasileiro e na dificuldade da burocracia,a qual,não respeita o tempo dos afazeres da população. Burocracia que atropela prazos e facilita agentes intermediários ganharem dinheiro nas soluções dos problemas gerados na “demora” da autoridade na aprovação final de um projeto.

Infelizmente,essa cultura é uma praga poderosa que acontece em todas às instituições públicas do país,como afirmou o Dr Mário. Em que diante disso,  se faz necessário e urgente a  fragmentação política do Brasil de uma vez por todas. O atual sistema em que só se mudam as figuras,não tem consistência e vai continuar permitindo as fraudes. Com a fragmentação política,o Brasil desaparece,dando lugar a vários outros países menores fazendo com que cada um siga o seu próprio destino.E se algum desses países menores,nascidos da fragmentação,manter um sistema permissionário de fraude,com certeza,não afetará os demais com administrações políticas separadas e independentes.Poderá acontecer de um país ser mais pobre,ou mais rico que o outro,porém as responsabilidades de progresso ,ou fundo do poço,ficarão a cargo do seu próprio povo,não afetando as contas públicas dos demais.

Desde 1500 os saques às riquezas do povo do Brasil são contínuos e ininterruptos.A corrupção não tira folga e nem férias,é constante em cada gabinete público. Saiu do Império pra República, da República para o Governo Militar, e do Governo Militar para à Democracia,onde nenhum dos sistemas políticos conseguiram frear essa praga.E hoje, o grau da corrupção chegou no ponto crítico,a ponto de destruir toda máquina pública brasileira,que através dos tempos,vem sofrendo  sucateamento,e logo depois  é vendida. E só faltava a Petrobras,que agora quebrada,é presa fácil para o mercado do petróleo internacional.

Tirem a bandeira brasileira do mastro e guardem-na de lembrança.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s