MINERAÇÃO ACELERA RITMO DE DESTRUIÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA.

Por Cimberley Cáspio

imagem:ecodebate.com.br

A ganância pelo ouro e outros metais preciosos,nos colocam em risco,num futuro próximo,a perca total da floresta amazônica e sua transformação em um amaldiçoado deserto.

O senso de vida e ambiente,não tem parte na mentalidade dos garimpeiros e empresas de mineração,que na ganância extrema,vão removendo tudo à frente,além de jogar quantidades enormes de mercúrio e cianureto nas águas que sustentam a vida de milhares de ribeirinhos,ás margens dos rios da floresta.E com isso,contaminando os peixes,que ingeridos por humanos e outros animais,terão problemas graves de saúde e a morte próxima.

Temos exemplos trágicos do que se transformou a Califórnia,Nevada…entre outros estados do Oeste Americano,após a corrida do ouro em 1848.O custo humano e ambiental foi severo.As florestas foram destruídas,levando junto muitos animais.Rios tiveram seus cursos alterados pelos garimpeiros,e muitos canais naturais foram extintos.Milhares e milhares de mortes nativas e de imigrantes aconteceram,não só pela violência,como também pela ingestão de comida envenenada pelos elementos químicos nas águas regionais,tais como: milhões de litros de mercúrio e cianureto.

Outro trágico exemplo,vem da Europa,especificamente na Romênia,em 30 de janeiro de 2000.A empresa australiana que explorava o ouro na região,deixou escapar 100.000 m3 de águas residuais contaminadas com cianureto.A contaminação foi levada e atingiu o rio Tisza e, em seguida, o Danúbio , matando grande número de espécies da fauna e flora nos sistemas fluviais na Roménia , Hungria e Iugoslávia,onde finalmente chegou no Mar Negro. O derramamento foi classificado como o pior desastre ambiental na Europa desde Chernobyl,atingindo milhões de pessoas. (Wikipédia)

Em Vitória(ES),as operações de embarque de minério de ferro,tem despejado milhões de quantidades de pó de ferro no ar capixaba,levando centenas de  pessoas a terem  problemas no sistema respiratório.Vale à pena o lucro de alguns em detrimento da destruição humana coletiva?

E não só o Brasil,como outros países que tem a floresta amazônica como parte do território,não conseguem enxergar tais exemplos e fazer stop, acham que podem criar uma harmonia entre a exploração mineral e natureza,o que é impossível.A sensibilidade da natureza é muito frágil,e qualquer exploração mineral,a primeira vítima será à natureza,depois os animais e depois os homens.

A exploração mineral desenfreada pelo mundo,é a principal responsável pelo desaparecimento de imensas florestas de outrora.E não podemos permitir que a floresta amazônica,uma das últimas do planeta, seja à próxima.

E em toda a história do Brasil,os lucros da exploração de minério,nunca retornaram para os brasileiros,e nunca os tiraram da miséria e da pobreza,e não é a partir de agora que isso vai acontecer.E se o senso da ganância do garimpo e empresas de mineração,foca somente o lucro individual,ou de um grupo,sem medir consequências ambientais e o bem dos povos que estejam perto ou longe das áreas de garimpo,ou das minas,se faz extremamente necessário o uso total da força em defesa real da vida e do planeta que vivemos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s