A HIPOCRISIA DAS “ARMAS QUÍMICAS”

Por Cimberley Cáspio

química que matafoto : gazetaweb.globo.com

“De acordo com Castro Neto et al. (2010), estudos comprovam que os agrotóxicos contaminam os alimentos, o meio ambiente e causam danos à saúde humana, sendo que “a contaminação química associada aos processos produtivos se caracteriza como um dos mais complexos problemas de saúde pública e ambiental no país” (Peres, 2009, p. 2002).”

O uso de armas químicas é tão poderoso,que é capaz de provocar uma guerra atraindo potências nucleares,como atualmente estamos assistindo agora na Síria,onde a Comunidade Internacional condenou veementemente essa prática no campo de batalha e obrigou a Síria a entregar o seu arsenal químico a fim de que não seja bombardeada por mísseis das máquinas de guerra estacionadas na região do conflito.E qual a diferença em relação aos agrotóxicos? O 1º…no mínimo…provoca danos externos ao corpo e depois segue internamente pro organismo gerando a morte,já o 2º age lentamente no corpo humano destruindo células e órgãos,gerando milhares de morte por câncer em todo o país,mortificando também o solo,envenenando lençóis freáticos e exterminando milhares de insetos polinizadores,como aconteceu recentemente na China,onde as abelhas desapareceram.

Por que pode matar de uma maneira e de outra não? Que tipo de condenação hipócrita é essa? É fato que os E.U.A querem esquecer das milhares de mortes vietnamitas provocadas pelo “Agente Laranja” durante a guerra do Vietnã nas décadas de 60 e 70,despejado sobre a população pelos bombardeiros americanos,produto altamente letal fabricado na época pela MONSANTO,hoje,ativamente atuante no Brasil. E o Brasil está na liderança como o maior importador de agrotóxicos do mundo.

Se o Governo Brasileiro condena a química letal sobre humanos no exterior,por que a pratica domesticamente? Ahh…mas o Governo Brasileiro pratica de forma sutil,só envenenando os alimentos e mortificando o meio-ambiente ao redor…Nada de forma “escandalosa” que mereça manchete nos principais jornais do mundo. E uma coisa é ser condenado pela Comunidade Internacional…E outra coisa é ser condenado por impotentes famílias vitimadas,que perigo nenhum representa pro Poder.

Fonte : A Química do Agrotóxicos

Mara Elisa Fortes Braibante,Janessa Aline Zappe

Originalmente publicado em Química Nova na Escola, v. 34, n. 1, fevereiro 2012Apoio: Sociedade Brasileira de Química
Edição: Leila Cardoso Teruya
Coordenação: Guilherme Andrade Marson

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s