SENADOR RETIRA PROPOSTA DE FIM DE SALÁRIO PRA VEREADOR

Paim (2º à dir.) e Cyro (3º à dir.) falam aos vereadores em audiência na Comissão de Educação, Cultura e EsporteCE - Comissão de Educação, Cultura e Esporte

Do Jornal do Senado-reprod.p/Cimberley Cáspio

Após retirar proposta de sua autoria que acabava com a remuneração de vereadores em municípios com até 50 mil habitantes (PEC 35/2012), Cyro Miranda (PSDB-GO) reuniu-se ontem em Brasília com vereadores de diversas partes do país. O encontro aconteceu a pedido do senador Paulo Paim (PT-RS).

Se fosse aprovada, a proposta do senador poderia afetar 90% dos municípios. Com o pedido de retirada, no início deste mês, a PEC foi arquivada.
— Tive de usar um mote forte nessa PEC para ­despertar a atenção dos vereadores. Se eles querem ter salários, vamos então debater as suas obrigações e a sua formação — disse Cyro.

Apesar de considerar a PEC um equívoco, o vereador José Vasconcelos de Luna Jr. (PT), do município de Carapebus (RJ), concordou que a provocação do senador foi “salutar”. Ele sugeriu que, em vez de iniciativas que acabem com a remuneração, deveriam ser apresentadas propostas que “premiem os vereadores, deputados e senadores capazes de provar que exercem um mandato de qualidade”.

Gilson Conzatti (PMDB), presidente da União dos Vereadores do Brasil e vereador pelo município de Iraí (RS), agradeceu a Cyro Miranda por estar aberto ao diálogo e por ter coragem de retirar a PEC, mesmo com o apelo popular que a medida tem. Ele também agradeceu a Paulo Paim por se dispor a ajudar nas negociações com o colega.

Defendendo a atuação dos vereadores, Ismaili Donassan (PSD), presidente da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso e vereadora pelo município de Colíder, avalia que, sem remuneração, a situação “pode se tornar um caos”, porque estimularia ainda mais a corrupção. Apesar de também considerar a PEC um erro, a vereadora elogiou Cyro Miranda por ter retirado a proposta.
— Brinquei com o senador: se for para chamar os vereadores à discussão, que seja de uma forma menos traumática — disse.

Jornal do Senado

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s