CERVEJA PODE CURAR CÂNCER?!!

cc3b3pia-de-tio2.jpg

cervejaPor Sheila M. Eldred

lúpulo confere à cerveja seu sabor marcante, mas uma substância derivada pode ir muito além de fazer sua cerveja favorita ter um gosto tão bom.

Uma nova pesquisa descobriu a possibilidade de incorporar humulones — substância química de sabor amargo encontrada no lúpulo — aos medicamentos. Mas não se anime demais, isso não é desculpa para abrir um fardo de latinhas por dia.

“O consumo excessivo de cerveja não deve ser recomendado como forma de melhorar a saúde”, afirmam os autores em um comunicado à imprensa. “Mas os humulones isolados e seus derivados podem ser receitados, e seus benefícios à saúde estão documentados”.

As novas drogas poderiam tratar diabetes, inflamações e alguns tipos de câncer, explicam os pesquisadores em um estudo publicado este mês na revista Angewandte Chemie International Edition, financiado por uma companhia farmacêutica de Seattle.

Os pesquisadores descobriram a configuração dos humulones com um processo denominado cristalografia de raio X, uma técnica desenvolvida no começo do século 20. As moléculas são rearranjadas durante o processo de produção da cerveja para conter um anel de cinco átomos de carbono em vez de seis.

Ao mapear o processo, os pesquisadores determinaram qual molécula é compatível com o gosto amargo da cerveja — o que pode ajudar a definir que disposição de átomos é mais eficiente no tratamento de doenças específicas. Isso é importante porque alguns compostos surtiram efeito em doenças específicas, enquanto combinações ligeiramente diferentes foram ineficazes.

“Agora que temos os resultados corretos, o que acontece com o lúpulo amargo durante o processo de fermentação da cerveja faz muito mais sentido”, comenta Werner Kaminsky, pesquisador e professor de Química da Universidade de Washington.

Os pesquisadores poderiam usar os resultados para descobrir como combinar as moléculas com outras substâncias químicas para desenvolver uma droga contra o diabetes, por exemplo. No entanto, ainda há um longo caminho até a fabricação desses medicamentos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s