PESTE NEGRA VOLTA A MATAR NOS E.U.A

reproduzido por Cimberley Cáspio

Os Estados Unidos é um dos muitos países ao redor do mundo que, tecnicamente,incrivelmente,inacreditavelmente, ainda sofre com a peste negra. Embora não estejamos soçobrando como camponeses medievais, há casos regulares de peste bubônica que surgem a cada ano no sudoeste americano. Ocasionalmente, eles levam a mortes.E frequentemente, levam pessoas coçarem suas cabeças enquanto leem o jornal,se perguntarem em voz alta: “Como ainda temos a praga?” É tudo culpa de San Francisco.

A cidade estava tocando o ano de 1900 e as coisas pareciam brilhantes. San Francisco foi tanto um hub local de indústria e um porto para navios vindos do leste distante. Cada um desses navios tinham de passar por uma inspeção de saúde antes de encaixado, é claro, mas tanto os passageiros e as empresas locais pressionaram os inspetores de saúde para tirá-lo do caminho o mais rápido possível. Eles fizeram isso, mesmo depois de casos de peste…e mini-epidemias eclodiram na China e em seguida, no Havaí.

Não foi uma surpresa para as autoridades de saúde quando o primeiro caso de peste foi relatada em Chinatown, mas eles foram surpreendidos pela oposição que enfrentou no mesmo dizendo a palavra “praga”.

Ao longo dos anos, as organizações locais e estaduais trabalharam contra autoridades federais de saúde, temendo que quaisquer relatórios de praga iria prejudicar o comércio e o turismo. E quando houve o terremoto de 1906,os ratos tomaram os escombros da cidade, onde então as mortes aconteceram tão rápido que não havia como negar mais. Ainda assim, foram necessários anos de trabalho antes que a praga fosse debelada.E por esse tempo, ela começou a aparecer nos esquilos locais.

Peste bubônica não é um vírus, mas uma infecção bacteriana,yersinia pestis, vive em pulgas, que deixam vestígios na área que elas mordem. Ela trabalha o seu caminho para o corpo e se multiplica, viajando através do sistema linfático. Os inchaços que aparecem na virilha e nas axilas são os gânglios linfáticos inchados e doloridos. A peste negra, mata em quatro dias, altura em que as pulgas abandonam o corpo e vão para a próxima vítima, levando suas bactérias com elas.

Uma pulga infectada não significa necessariamente um hospedeiro infectado. Pulgas têm diferentes técnicas alimentares e nem todos os anfitriões agem como portadores ideais para as bactérias. Mas praga na vida selvagem não vai ficar na vida selvagem por muito tempo.

Há certos factores ambientais que influenciam a propagação da doença. Predadores grandes significa menos colônias de agrupamento de pequenos roedores. Ambos os hosts e pulgas hibernam durante os meses frios do inverno e qualquer lugar onde pequenos animais escavadores prosperaram mantendo a temperatura quente é o ideal.Assim, a praga pode ir a qualquer lugar sobre as costas do hospedeiro, migrando de ratos em ratos, florescendo em um clima quente com lotes de pequenos mamíferos.

Atualmente há entre um e 17 casos por ano nos Estados Unidos, e apenas cerca de mil no total desde 1900. Qualquer pessoa de qualquer idade pode contrair a infecção, mas a probabilidade de exposição aumenta com a atividade ao ar livre. Deite-se com pequenos mamíferos, levante-se com a praga.

Casos de peste são muito raros, e os antibióticos são eficazes, mas a doença não é brincadeira. Ela ainda tem uma taxa de 11 por cento da mortalidade geral.

Em 2012, dois casos graves de peste bubônica virou notícia. Um homem de Oregon tentou desalojar um rato parcialmente comido na garganta de seu gato, animal de estimação. O rato foi provavelmente infectado. O gato mordeu o homem, que teria deixado grandes feridas abertas para as bactérias entrar. Ele foi tratado, mas perdeu os dedos das mãos e os pés,mas se recuperou.

Em outro caso, uma menina de sete anos de idade, em Colorado colocou a camisola no chão ao lado de um esquilo morto. As pulgas do esquilo podem ter saltado para a camisola, que a menina posteriormente amarrou na cintura. Dentro de um dia ela teve uma febre alta,perigosa e os médicos ficaram perplexos. Quando questionada a mãe, a mulher lembrou-se do esquilo morto, e a menina foi tratada com antibióticos. Ela se recuperou em uma semana.

Ambos os casos apontam para um dos obstáculos para o tratamento da peste. É incrivelmente bem conhecido, mas ainda quase impensável. Ninguém considera seriamente a praga estes dias, e alguns casos espalhados por toda uma nação inteira não significa que as pessoas vão reconhecê-la quando elapulgas chegar.

Lembrando, e mencionando, a exposição a animais mortos ou moribundos, é fundamental para o sucesso da praga; e coletar corpos de animais mortos,é um caminho considerado para eliminá-la completamente,além de realizar os testes para detecção.Tal esforço é extremamente trabalhoso,extenso e caro,porém,possível de estar à frente no controle da praga.Porém como já se sabe,a praga é um fato,está matando e o quadro que ora se apresenta para o futuro,não é bom.

Fonte:Discovery Channel

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para PESTE NEGRA VOLTA A MATAR NOS E.U.A

  1. Thanks so much for providing individuals with an extraordinarily superb chance to read critical reviews from this website. It is usually very excellent plus stuffed with a good time for me personally and my office mates to search your site minimum thrice per week to read through the latest things you will have. And of course, I’m also certainly astounded with all the extraordinary knowledge served by you. Some 4 points in this article are honestly the most beneficial I have ever had.

    Curtir

  2. please keep with this pace, i am going to follow all of your blogs. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s