EBOLA NO BRASIL : É URGENTE O ISOLAMENTO DE BRASILEIA (AC) !

Por Cimberley Cáspio

vírus ebolaimagem: portalangop.co.ao

A notícia pode ser considerada alarmante,mas os fatos que estão gerando essa notícia,são extremamente relevantes. E constatado que a FAB,a cada retorno de Rio Branco à Porto Velho,traz na carona,grupo de 40 imigrantes por viagem,é muito possível que o vírus ebola,já esteja matando no Brasil. Afinal,as autoridades públicas,jamais divulgariam tal epidemia ativa no país,faltando dias,para a abertura da Copa do Mundo.Com certeza,se o fato já estiver acontecendo,vão jogar com a morte.

Além da chegada de centenas e centenas de imigrantes haitianos a Brasiléia,no Acre,fronteira com a Bolívia e o Perú,também chegam,centenas e centenas de africanos,vindos,principalmente da Guiné e do Senegal,onde a Organização Médicos sem Fronteiras,vem divulgando um alerta mundial de uma epidemia sem precedentes do vírus ebola na região,o qual,se aproxima rapidamente de uma centena de mortes,e vem se espalhando de forma acelerada pelos países fronteiriços.

Sendo assim,como o vírus é transmitido por contato direto com o sangue e outros fluidos naturais, ou com tecidos de indivíduos infectados, tanto humanos quanto animais, vivos ou mortos, a cidade de Brasiléia,deve ser isolada imediatamente,e o governo brasileiro,suspender o transporte dos imigrantes e distribuição de documentos legais,até que o Ministério da Saúde,dê o parecer final sobre a situação da cidade e periferias,e de cada imigrante e daqueles que com eles tiveram contato no município acreano,o qual, vem sendo também castigado pela enchente histórica que ora se abate sobre a região. E segundo relato de um imigrante haitiano ao repórter da Folha de São Paulo,Brasiléia está um caos,esgoto a céu aberto e ausência total de qualquer saneamento básico,com imigrantes se amontoando onde podem,fazendo suas necessidades orgânicas onde achar necessário,lavando suas roupas,se conveniente,ou não,dependendo da disponibilidade de água,onde alguns, ficam dias sem tomar banho; e restos de comida,são jogados em qualquer lugar,junto com as embalagens descartáveis. Quer dizer,ambiente mais do que propício para a deflagração letal do ebola em todo país.

É compreensível que o prefeito de Brasiléia e o governador do estado do Acre,queiram se livrar dos imigrantes o mais rápido possível para esvaziar a cidade,e providenciem o maior número possível de documentos legais, para que eles,os imigrantes, deixem logo o local e partam para onde achar melhor,pois no abrigo que só cabem 500,já tem mais de 1500.

E Infelizmente,como constatado,aviões hércules da Aeronáutica,estão transportando os africanos de Rio Branco (AC) à Porto Velho (RO) ,e de lá,os imigrantes,com documentos legais,estão se deslocando para várias localidades e regiões do país,sem nenhum exame,sem nenhuma avaliação de saúde feita em Brasiléia,o local de chegada migratória. O que quer dizer,quê: se algum imigrante está infectado e transmitindo a doença,não sabemos quem é,onde está,e nem quem são as pessoas que fizeram contato,e quantos o portador já infectou.

E na África,países que fazem limite com a Guiné,o país mais atingindo pelo ebola até o momento,já fecharam suas fronteiras.Todos os viajantes na região estão passando por uma triagem de exames minuciosa antes de prosseguirem viagem,ou se instalarem. E na Europa,o governo francês,também está tomando as medidas necessárias no país para bloquear a entrada do vírus,e agindo diretamente nas colônias africanas sob sua responsabilidade e influência. Empresas mineradoras na região africana atingida pela epidemia,inclusive a Vale do Rio Doce,bloquearam as operações,dando licença aos funcionários e transferindo executivos internacionais.

E diante do fato declarado,se nada for divulgado pelas autoridades do setor de saúde pública federal no Brasil, o governo,criminosamente, estará abrindo as portas da morte e nos expondo a uma situação que poderá vir a se tornar,e a superar,a maior tragédia que esse país possa ter vivido.É urgente,urgentíssimo,que o Ministério da Saúde,venha à público e divulgue ao povo brasileiro,o que está fazendo à respeito,principalmente em Brasileia. E até que tenhamos informações claras e convincentes da ação de saúde pública federal, na região migratória,o estado geral,não será outro que não seja de apreensão e temor.E enquanto nada se sabe à respeito sobre o estado de saúde do povo e dos imigrantes em Brasileia ,e dos imigrantes que já se espalharam pelo país,desesperadamente espero que não seja tarde demais para a ação de isolamento da cidade acreana.

Fontes: Organização Médicos sem Fronteiras
AFP
Reuters
Folha de São Paulo
Mining.com

About these ads

4 comentários sobre “EBOLA NO BRASIL : É URGENTE O ISOLAMENTO DE BRASILEIA (AC) !

    • Na verdade,longe de mim,desejar o vosso mal,do vosso povo e da vossa cidade.O objetivo principal da reportagem foi a vossa proteção,o bem-estar e a saúde de todos.Mas infelizmente,devido a presença de africanos oriundos da área atingida pela doença,sendo negros,ou fossem brancos,e mesmo pessoas de outras nacionalidades que comprovadamente estivesse no país,vindo da região africana atingida pela epidemia,vivendo num abrigo insalubre,desprovido de toda falta de higiene,o governo brasileiro deveria isolá-los e examiná-los profundamente,impedindo-os de fazer contato com o povo da cidade de Brasiléia;pois o governo já estava ciente dos acontecimentos do ebola na África.E em hipótese nenhuma,o governo sabedor do surto da doença,e do aviso da Organização Médicos Sem Fronteira,de que é uma epidemia sem precedentes na história da África,não deveria baixar à guarda na fronteira.

      E uma vez que os imigrantes africanos já estavam instalados,não poderia permitir que houvesse contato com o povo da cidade,sem que fossem isolados e minuciosamente examinados pelo Ministério da Saúde.E havendo à resposta negativa dos exames,aí sim,seriam então liberados.Mas não foi isso que aconteceu. Houve contato,inclusive sexual,entre imigrantes e garotas de programa,moradoras na cidade.

      E diante do silêncio e da inércia do governo em relação ao perigoso movimento em ação na fronteira,e a informação checada e comprovada de casos de tuberculose e coqueluche nos imigrantes instalados em Epitaciolândia,e,que a prefeitura tinha a intenção de transferi-los para Brasiléia,como aconteceu de fato,não me restou alternativa que não fosse soar o alarme.Porém em momento nenhum escrevi que havia imigrante contagiado com o vírus ebola na cidade de Brasiléia,pelo contrário,queria uma resposta oficial do Ministério da Saúde em relação aos imigrantes no município.E como o movimento de profissionais da saúde,não passaria despercebido na localidade,se o governo fizesse o papel dele,que se estendesse também, os exames a população em geral,sempre para o vosso bem,jamais para o vosso mal.

      A intenção do trabalho jornalístico na matéria,teve como prioridade,o bem-estar,e a saúde em geral dos brasileiros moradores de Brasiléia,cidades periféricas e o país como um todo,sejam nativos,sejam visitantes,sejam migrantes.

      E por outro lado,recebi informações e ainda vou checar,de que o abrigo lacrado em Brasiléia, pelo governo do estado do Acre,não foi tão lacrado assim,pois segundo o que me foi passado,o abrigo está jogado às traças e índios estão levando os colchões.O que não poderia estar acontecendo,se a informação for verdadeira.O abrigo deveria,e deve realmente estar lacrado e uma equipe de infectologistas trabalhando na coleta de dados,para análises e exames minuciosos,a fim de dar uma resposta ao país.Assim que as provas me forem enviadas,publicarei.

      E o mais curioso é que até agora o Ministério da Saúde e nem o Ministério da Justiça se pronunciaram.Por que tanto silêncio? Enfim,se prejudiquei a cidade com a reportagem,vão aqui os meu sinceros pedidos de desculpas à todo o povo da cidade de Brasiléia,mas enquanto a epidemia do ebola estiver em andamento na África e membros dessa região chegando na cidade,não custa manter o alerta.

      Cimberley Cáspio

      Curtir

  1. E, oque dizer deste monte de estrangeiros que estao trabalhando nas Plataformas de petroleo , que alem de gerar desemprego , ha o risco, E GRANDE,de causar uma contaminacao do EBOLA.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s